Blog Ecoconcept

Tendências Design de interiores para 2022

decoracao_de_interiores_2022_as_tendencias_mais_inspiradas_da_nova_temporada_2.webp
varanda-com-balanco-vasos-de-argila-com-plantas-ap_floresta_-_estudio_minke-15.webp
preTendencias-2022-em-decoracao-de-casa-pequenas-mudancas-para-criar-um-otimo-espaco-Tende
35a9c0_ade1a341db784a5da7bcc16a841e5f6c_mv2.jpeg

Este artigo é destinado às 5 tendências a não perder do design de interior deste ano, na perspetiva da Ecoconcept.

Green furniture

Nunca foi tão importante a procura de mobiliários e decoração interior sustentável, vivemos numa altura onde o mercado continua a crescer a nível mundial, só em Portugal o volume de venda a retalho passou os 800 milhões de euros no ano 2018. Este fenómeno deve-se a uma ligeira melhoria no poder de compra das famílias portuguesas, mas também devido ao aumento da oferta neste sector e de produtos “low cost” como por exemplo o “IKEA”.

Este crescimento é um bom sinal para o mercado, no entanto será um bom sinal para o ambiente? Muitos dos moveis comercializados atualmente contêm revestimentos químicos ou materiais que impedem a sua reciclagem. Por exemplo, em 2018 nos EUA, foram produzidas 12 milhões de toneladas de lixo em forma de mobiliário.

Assim, a aposta em produtos recicláveis e sustentáveis neste setor não só é imperativa devido à situação ambiental que vivemos, mas também dada a crescente importância que a população dá a este mercado, mais concretamente devido à questão da pandemia e dos confinamentos. Começamos assim a ver uma aposta em materiais como madeira, vime, a fibra juta.

Multifuncional furniture

O mercado imobiliário é um mercado volátil e com um crescimento exponencial, essas características têm impactado o tipo de habitações que são vendidas bem como os seus interiores. Podemos observar nas capitais mundiais uma necessidade crescente da verticalização dos prédios, bem como o aumento do preço de m2, que tem levado a habitações mais pequenas começarem a exigir soluções inovadoras para os interiores destas novas casas e chegamos assim à mobília multifuncional: uma solução moderna que vem revolucionar a vida da pessoa que vivem em contexto urbano em T0/ ou estúdios pequenos T1, possibilitando a estas pessoas contarem com mais equipamento e mobília do que antigamente.

 

Biofílico design

O design biofílico, está associado à combinação entre design de interior e à natureza. Assim, este conceito tem como objetivo aumentar a conexão da natureza com o espaço residencial, através do uso de natureza ou design que relembra formas naturais.

Este conceito tem ganho atenção por parte da indústria e dos consumidores, porque têm sido realizados inúmeros estudos que correlacionam a redução do stress, o aumento cognitivo e criativo, e o bem-estar das pessoas. Deste modo, começamos a ver casas com mais plantas e arvores, mesmo na parte exterior dos prédios podemos ver em alguns casos paredes inteiras externas com plantas.

Aliado ainda a uma outra tendência de design: o design curvilíneo, esta será uma das tendências do futuro, que vai de acordo com as novas preocupações ambientais.

Curved Furniture

 

Esta tendência de design, surgiu originalmente nos anos 70, no design dinamarquês, e desde então foi sendo uma tendência “on and off”. No entanto, a pandemia veio trazer novamente essa tendência de volta e talvez fique para durar. E isto deve-se a um facto muito simples: os momentos de grande incerteza e nervosismo trazidos pela pandemia teve como consequência o aumento de procura por algo mais confortável e acolhedor, o design curvilíneo ajuda a proporcionar isso.

O fator que torna o design curvilíneo perfeito para proporcionar um ambiente mais acolhedor nestes tempos de incerteza é o psicológico do ser humano: este reage positivamente aos traços/formas curvilíneas e circulares. Estas formas desencadeiam uma reação automática no nosso cérebro, dando ao espaço um ar mais natural e visualmente menos cansativo.

Vintage

É possível de se observar em todas as áreas o ressurgimento do vintage, desde os penteados às cores das nossas roupas, que estão novamente a ficar mais vivas, jogos de computador/telemóvel, carros icónicos e antigos a serem renovados…Ou seja, o interesse e admiração por determinados objetos ou modas do passado é transversal em todas as culturas, áreas e idades, e o design não será diferente.

Podemos ver agora, maioritariamente, o design dos anos 70: O estilo retro, que mistura algumas linhas retas com circulares criando um design relaxado, divertido e calmo. Esta combinação de sensações proporcionadas pelo design é a combinação ideal para o momento social que atualmente vivemos.